domingo, 29 de março de 2009

História da EBD nas ADs no Brasil

video



VIDEO-CPAD.

Jesus, o Maravilhoso




Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. (Is 9.6)

E disse Manoá ao Anjo do SENHOR: Qual é o teu nome? Para que, quando se cumprir a tua palavra, te honremos.

E o Anjo do SENHOR lhe disse: Por que perguntas assim pelo meu nome, visto que é maravilhoso? (Jz 13.17-18)

I - Maravilhoso em seu nascimento (Lc 2.8-18);

II - Maravilhoso em sua infância (Lc 2.46,47);

III- Maravilhoso em seu batismo (Mt 3.16,17);

IV - Maravilhoso em seus ensinamentos (Mt 22.15-33);

V - Maravilhoso ao operar milagres (Lc 5.17-26; 8.40-56);

VI - Maravilhoso ao expulsar demônios (Lc 9.37-44).

Este mesmo Jesus Maravilhosamente entregou-se por nós na cruz, para que hoje pudessemos desfrutar de sua maravilhosa presença.

Ele mesmo ainda hoje chama à todos os que creem para a cada dia experimentar de seu Maravilhoso poder para tranformar vidas, mudar histórias e ter íntima comunhão com Ele.

Maravilhoso é servir a Cristo e ter a certeza de que um dia nos encotraremos na Maravilhosa cidade celestial que está preparada para os corajosos que renunciaram as riquezas deste mundo para seguir o Maravilhoso Jesus.

Glórias a Deus Para todo sempre!!!!!!!!


Uilson Camilo.


quarta-feira, 25 de março de 2009

DESCONTRAINDO, REFLETINDO....

COMEDORES DE LIXO

Para aqueles que estão sendo vítimas conscientes e se empanturram dos BBB’s e outros reality shows.

Is.55.2: Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão! e o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer?ouvi-me atentamente, e comei o que é bom...

João Pereira Coutinho, colunista da Folha, que vive em Portugal, abre um espaço de reflexão, ao relatar a história de Jade Goody, a inglesa que resolveu fazer da sua vida um reality show, após se descobrir com câncer terminal.
O que ela fez com a sua vida ou final de vida, com apoio de sua família, não é o destaque do colunista, mas sim o que as pessoas fazem, de maneira antiética ou mórbida, ao ligar a sua TV para assistirem este tipo de produção, sejam os shows de enclausuramento voluntário, em troca de alguns passageiros, minutos de fama, ou seja, reality’s deste tipo, criado por Jade Goody, que, mostrou o sofrimento de um ser humano, no fim de sua vida.
Britânica que sofria de câncer cervical morreu na madrugada de domingo em casa, como era desejo dela.

Jane Goody faleceu aos 27 anos.
Após seis meses de batalha contra um câncer cervical, a atriz e ex-participante do Big Brother britânico, Jade Goody, 27 anos, morreu em casa, em Essex, na Inglaterra, na madrugada deste domingo. Jade ficou conhecida na versão britânica do reality show em 2002.

Segundo o tablóide inglês The Sun, a jovem morreu ao lado da mãe e do marido, Jack Tweed, 21 anos, na data em que se comemora o dia das Mães na Inglaterra. "Jade morreu às 3h55. A família e amigos gostariam de ter alguma privacidade", disse a mãe, ao aparecer do lado de fora da casa para acompanhar a remoção do corpo da filha.
Afinal, a vida perdeu o valor?
A compaixão e valor da dor do outro é para ser assunto de discussão nas conversas da segunda-feira?

Cl.3. 5: 
Exterminai, pois, as vossas inclinações carnais...a impureza, a paixão, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;
I João 2. 16:
 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo.
Jd.1.16:..
a sua boca diz coisas muito arrogantes, adulando pessoas por causa do interesse.
Rm.1. 28.ss: E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm; estando cheios de toda a..cobiça...inventores de males, desobedientes ao pais;sem afeição natural, sem 
misericórdia;o decreto de Deus, que declara dignos de morte...não somente as fazem, mas
também aprovam os que as praticam.

Leia a matéria.

Comedores de lixo
 
Que dizer da história de Jade Goody? Caso não saibam, Jade Goody foi concorrente do Big Brother britânico, notabilizando-se por sua linguagem e comportamento vulgares. 

A Grã-Bretanha rendeu-se a ela e encontrou em Goody um novo símbolo da "informalidade" proletária que faz parte da nossa modernidade. 

Acontece que Jade adoeceu gravemente (com câncer). A notícia fatal, aliás, foi comunicada à própria em pleno programa televisivo, fazendo disparar as audiências. Mas o melhor ainda estava para vir: se Jade tinha câncer terminal, o melhor era morrer em frente às câmeras, proeza que
Jade tem cumprido com profissionalismo de Hollywood. Das operações cirúrgicas às sessões de quimioterapia, sem esquecer o seu casamento-relâmpago, Jade aproveita as últimas semanas de vida para mostrar ao mundo o seu lento caminho para o fim. Não é de excluir que a tv filme o seu último suspiro. Os produtores garantem que não. Mas se as audiências exigem tudo, por que raios não devem ver tudo? 

Essa é a questão.
O caso de Jade tem alimentado debates inflamados na Grã-Bretanha. A discussão centra-se, invariavelmente, na falta de ética da televisão contemporânea, que se aproveita de uma mulher
moribunda para fazer negócio. Vozes moralistas condenam os produtores, exigindo rápida intervenção do governo. E Jade Goody, quando confrontada com a pornografia do seu ato, afirma simplesmente que está a pensar nos filhos: duas crianças que ficarão sem mãe em breve e que, graças à prostituição sentimental de Jade, herdarão 1,7 milhões de euros.

Pessoalmente, nada tenho a dizer: sobre Jade Goody e muito menos sobre a tv que filma a sua decadência física. Mas estranho que, no meio da gritaria, ninguém tenha dito o básico. E o básico não está na moribunda, muito menos na tv que filma a moribunda. O básico está numa população anônima de milhões de britânicos que permitem a existência desse caso, consumindo-o com voracidade mórbida. 
O fenômeno Jade Goody, e a repugnante vontade de o filmar até ao limite, não existiria se as audiências não existissem. 

Uma verdade banal? Longe disso. Uma verdade politicamente incorreta: no mundo radicalmente igualitário em que vivemos, não é de bom tom relembrar que as massas nem sempre escolhem com sabedoria e pudor. As massas são muitas vezes analfabetas e repugnantes. O pensamento 
politicamente correto prefere antes demonizar os produtores (no fundo, os "capitalistas") que exploram a pobre ingenuidade do povo.
Um erro. E uma grosseira piada. Se existe doença neste caso, ela não está em Jade Goody ou no circo televisivo que a filma. Está nos comedores de lixo: gente que liga a tv para se empanturrar, literalmente, até a morte. 

João Pereira Coutinho
, 32, é colunista da Folha. Reuniu seus artigos para o Brasil no livro "Avenida Paulista" (Ed. Quasi), publicado em Portugal, onde vive. Escreve quinzenalmente, às segundas-feiras, para a Folha Online.

Fonte: Estudando A Palavra

terça-feira, 24 de março de 2009

A Modernidade Chegou as Igrejas.........

A Fé Que Faz Bem à Saude


Novos estudos mostram que o cérebro é “programado” para acreditar em Deus – e que isso nos ajuda a viver mais e melhor.

A capacidade inata de procurar a explicação de um fenômeno é uma das diferenças entre o ser humano e outros animais. O homem primitivo não tinha como entender eventos mais complexos, como a erupção de um vulcão, um eclipse ou um raio. A busca de explicações sobrenaturais pode ser considerada natural. Mas por que ela desembocou na fé e no surgimento das religiões? Cientistas de diferentes áreas se debruçaram sobre a questão nos últimos anos e chegaram a conclusões surpreendentes. Não só a fé parece estar programada em nosso cérebro, como teria benefícios para a saúde.

Com sua intuição genial, Charles Darwin, criador da teoria da evolução há 150 anos, já havia registrado ideia semelhante no livro A descendência do homem, em 1871: “Uma crença em agentes espirituais onipresentes parece ser universal”. “Somos predispostos biologicamente a ter crenças, entre elas a religiosa”, diz Jordan Grafman, chefe do departamento de neurociência cognitiva do Instituto Nacional de Distúrbios Neurológicos e Derrame (leia a entrevista). Grafman é o autor de uma das pesquisas mais recentes sobre o tema, publicada neste mês na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.


Confira mais desta reportagem:Aqui

Uma pena é que muitas pessoas tem direcionado sua busca por Deus a alvos errados, sabemos que só há uma maneira de encontrarmos com Ele e está maneira é atarvéz de Cristo o único caminho para Deus (Jo 14.6).

Há ainda aqueles que sem nenhum conhecimento afirmam que existem vários caminhos que levam à Deus e nós é que escolhemos o qual seguir. Sobre a escolha acertaram sem sombra de dúvida, mas sobre varios caminhos.... A Bíblia nossa bússola ou GPS, nossa regra de fé e prática nos ensina apenas dois caminhos e só um leva ao céu o resto é balela.

O bom é que a cada dia a ciência mostra que o homem sem Deus não é nada aos amantes da ciência e que se esquecem e até mesmo ignoram a existência de Deus isso não é nada bom, se bem que o Deus criador do céu e da terra não precisa de aprovação humana para suas obras Ele é DEus e está acima de tudo e tem poder para mudar avida daqueles que se achegam à Ele.

Com a Graça de Deus.

Uilson Camilo 

domingo, 22 de março de 2009

Qualidades que Promovem o Crescimento Sadio da Igreja


Quando voltamos um pouco no tempo acompanhando a história da Igreja e olhamos para nossa realidade, falando em quantidade, estrutura e posicionamento na sociedade logo enxergamos um notável crescimento ainda que alguns afirmem que em nada evoluímos. De certa forma podemos asseverar que fazemos parte de uma grande organização materialmente falando e também de um enorme organismo vivo que é a igreja de Cristo. Bom este crescimento é claro que só é possível quando o Senhor que é a cabeça da igreja está no comando. Mas, como disse observando a história encontramos alguns pontos que ajudaram no crescimento até em algumas localidades de forma acelerada, como no caso da igreja primitiva nos Atos dos Apóstolos podemos listar algumas qualidades em destaque do povo que fazia parte das primeiras comunidades de cristãos, que proporcionaram este crescimento. A Igreja primitiva cresceu muito depressa acompanharemos aqui:

Oração: A igreja nos tempos apostólicos era firmada na oração, antes do revestimento diz a bíblia que todos estavam orando (At 1.14), pediam a Deus ousadia para pregar (At 4.29-31) e quando Pedro estava preso todos estavam em contínua oração (At 12.5). Acompanhamos na bíblia e também na história que o povo que ora constantemente mantém um relacionamento mais próximo com Cristo o cabeça da Igreja com isso recebem poder para vencer o inimigo e estratégias espirituais para produzir frutos para glória de Deus Pai. Não é preciso detalhar aqui, mas, há em nossos dias igrejas que se tornaram frias não falo daquelas que já começaram sem dar o devido valor à oração destaco aqui aquelas igrejas que desfrutavam dor fervor da presença de Deus através da oração onde a chama do Espírito ardia no coração dos crentes hoje o que existe nestas igrejas é só nostalgia e relatos históricos de como Deus operava sinais maravilhosos em seus templos que na atualidade estão cheios de cristão que não sabem o que é ter vida de oração.

Cheios do Espírito: Está era também uma qualidade encontrada nos cristãos primitivos homens e também mulheres que eram ungidos por Deus cheios de ousadia anunciavam a Palavra pelas cidades da época (At 8.5-7), (At 6.8) homens destemidos, pois confiavam em Jesus que os credenciava para pregar sua santa palavra e arrebatar para sua presença pecadores arrependidos.

Evangelismo: A Igreja crescia muito porque os cristãos cheios do Espírito Santo evangelizavam sem parar "E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo". (At 5.42), Mas os que andavam dispersos iam por toda parte anunciando a palavra. (At 8.4). Uma das coisas que algumas igrejas perderam, foi a responsabilidade de evangelizar cumprindo o ide de Cristo as nações.

Bom, o resultado destas qualidades juntas foi o crescimento de forma sobrenatural da igreja primitiva que está registrado em Atos dos Apóstolos e também, o notável resultado que a igreja ao longo da história tem alcançado até os dias de hoje. Passaram por perseguições, tentaram eliminar os cristãos de várias maneiras, mas temos uma palavra do Senhor que garante e sustenta este maravilhoso crescimento da igreja. Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mt 16.18).

Jesus Cristo o cabeça da Igreja aquele por quem é todas as coisas e todas elas foram feitas por Ele e sem Ele nada do que foi feito se fez é o Senhor quem tem dado poder e autoridade para que a palavra da salvação venha sendo semeada entre as nações. Ainda há muitíssima terra para ser conquistada e multidões que precisam ouvir que: Jesus Cristo, Salva, Liberta, Transforma, Batiza no Espírito Santo e prepara o homem para morar no céu de glória.

Por está causa que mesmo em meio a muitas tribulações e até algumas confusões provocadas por pessoas que sem sabedoria alguma tem provocado na mente das pessoas a Igreja tem crescido e nome de Deus glorificado em tudo isso.

Continuemos está maravilhosa obra observando estas e outra boas qualidades que levam ao crescimento espiritual e material do povo de Deus.




No amor de Cristo.

Uilson Camilo.

sexta-feira, 20 de março de 2009

O que é Pregação

Pastor Ciro Zibordi Esclarece o que é Pregação Bíblica.

A verdadeira pregação da Palavra de Deus não é legitimada quando só há movimentos que as vezes extrapolam as verdades da doutrina bíblica mas, quando a mensagem pregada é fiel as Doutrinas nela contidas, ao contrário de muitos pregadores que acham que pregação é só gritaria e movimento. Sem exposição da Palavra não há pregação.







video


video

Uilson Camilo

quinta-feira, 19 de março de 2009

O QUE É O MILENIO




Este é só um pequeno comentário sobre um assunto que na maioria das vezes não é compreendido por muitos cristãos, e até é muito questionado por aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de estudar ou pesquisar sobre escatologia ou algum tema desta matéria que parece infantil dizer, mas, há pessoas que tem medo de estudar sobre qualquer assunto relacionado aos dias finais.
Na intenção de compartilhar com os leitores que não tiveram oportunidade de pesquisar ou ainda não foram esclarecidos sobre este assunto posto aqui está pequena introdução sobre este tema Milênio. Que você possa ser edificado e esclarecido.

Primeiro entendamos o significado da palavra escatologia:

Etimologia da Palavra
O termo Escatologia tem origem em duas palavras gregas
schatos = 'último' e logos = 'estudo').
Portanto, teologicamente a tradução da palavra '
escato' seria algo como:
'O Estudo das Últimas Coisas'
'O Estudo dos Últimos Acontecimentos'
E '
bíblica' porque são acontecimentos preditos na Bíblia Sagrada

Vejamos alguns motivos pelos quais devemos nos interessar por Escatologia Bíblica. O estudo desta matéria serve para trazer aos cristãos um sinal de alerta e vigilância a respeito das coisas vindouras. É um sinal dos últimos tempos, por isso precisamos obter mais conhecimento e estar mais preparados para responder a quem quer que seja. Por meio do conhecimento de tão importante assunto a Igreja pode exercer, de uma melhor maneira, a virtude da paciência ao entender sobre os tempos do Senhor.

No Milênio, Cristo estabelecerá seu domínio na terra, nos céus e nos ares. Será um tempo sem precedentes na história da humanidade.

A palavra Milênio vem do latim mille, que significa "mil", (a palavra grega para Milênio vem de chilias, que significa "um mil"), e annus, que significa [em latim] "ano", [etos em grego]. O termo grego é usado seis vezes no texto original do capítulo vinte de Apocalipse para definir a duração do reino de Cristo na terra antes da destruição do velho céu e da velha terra. Então, a palavra Milênio refere-se aos mil anos do futuro reinado de Cristo que precederão a eternidade.

Constantemente ouve-se entre os crentes esta interrogação: - Que é o Milênio? -Realmente, existem interpretações que são amontoados de erros doutrinários; que fazem do Milênio uma verdadeira aberração. Uns fazem dele um "Reino" especial, tomando como partida os 144 mil, AP 14.1; 7.1, mas esses pertencem às tribos de Israel, os quais serão selados para dias especiais, AP 7.4,5. Outros há que já estão formando um reino aqui na terra, como os mórmons.

- Que é o Milênio? - O Milênio é um período de mil anos, predito pelos profetas como sendo o reinado Messiânico, ou seja, o reinado do céu estabelecido na terra, inaugurando uma nova era espiritual, a sétima dispensação, um tempo probatório, especialmente para os que nascerem na época dourada em que Satanás estiver preso. O Milênio não é o fim nem a consumação de todas as coisas, como alguns supõem, mas um tempo de provação e de preparação para o desfecho completo da obra de Deus, quando então o Senhor Jesus, depois de dominar todas as coisas, entregará o reino ao Pai, lCo 15.24-28.



Há nas Escrituras uma infinidade de textos referentes ao Milênio. Um dos primeiros, embora seja muito usado, não encontramos nele a palavra Milênio, mas seu sentido profético fala de um tempo em que Cristo reinará na casa de Judá, Gn 49.10: "Não se apartará de Judá o cetro, nem a vara de comando de entre seus pés, até que venha Aquele (Cristo) de quem ele é, e a esse obedecerão os povos", (VB). Aqui vemos a predição da vinda e do estabelecimento do reino Messiânico. Ao Senhor Jesus, como rei de Judá, com a vara de comando, que fala de seu governo de poder e de autoridade, todos os povos hão de obedecer.

Quando Deus criou o homem colocou sob seu domínio os peixes, os répteis, as aves e todos os monstros, Gn 1.26. Infelizmente, por causa do pecado, o homem perdeu esse domínio, embora tenha pretendido sempre, com força bruta, dominar sobre a terra. Deus, ao criar o homem, dotou-o de faculdades instintivas, além da razão e tirocínio psicológico. Criou-o capaz de viver uma vida espiritual segundo o plano do seu Criador. No entanto, o pecado deturpou a criatura feita à semelhança do Criador, Gn 1.26, reduzindo-a a um ser inferior, como nos diz Pedro: "Mas estes, como animais sem razão", 2Pe 2.12. O propósito divino foi criar um ser capaz de governar a terra e de povoá-la, um ser que recebesse, para o exercício do seu domínio, a bênção de Deus, Gn 1.28. Como seria o globo terráqueo se Adão não tivesse transgredido as ordens de Deus?! Por certo continuaria sendo um paraíso. Seria o reino dos céus implantado em toda a natureza - esse era o plano do Altíssimo. Com isso, poderíamos ver na terra formosa os homens vestidos de roupagens luminosas, as vestes espirituais dos entes celestes. Como Deus, que é coberto de luz como de um manto, nós seríamos revestidos, SI 104.2. Quando Elias subiu ao céu, deixou suas vestes naturais para receber as espirituais, vestes permanentes, 2Rs 2.13. Os arqueólogos descobrem os milhões de anos e vão à fantástica era arqueozônica; isto equivale dizer que vão além de milhões de anos. Entretanto, o Sagrado Livro diz somente: "No princípio criou Deus os céus e a terra", Gn 1.1. Se a terra existe há milhões de anos, encontramos na Bíblia "No princípio..." Esse princípio é indefinível pelo saber humano. É possível que durante o período caótico, a terra toda fosse verdadeiro paraíso, tendo como governador aquela criatura que se elevou contra o próprio Criador, Is 14.12-17; Ez 28.11-18 onde vemos tudo perfeito, belo e maravilhoso.
Com a queda de Adão, até o próprio Éden foi destruído e desfeito. Vemos agora um ser humilhado, envergonhado e expulso do seu lugar; sujeito também a todas as vicissitudes.

O homem passou a ser igual a Deus, mas no sentido inverso, pois sabia a ciência do bem e do mal, mas não tinha domínio espiritual, Gn 3.22. Começou então uma série de mudanças sucessivas nas dispensações: estava o homem agora sob o domínio da consciência, no que falhou. Veio a dispensação do governo humano; também nesta o homem falhou. Veio a da lei, com poder e autoridade, mas ainda houve falha por parte do homem. Então Deus propôs uma dispensação graciosa, com domínios especiais, pondo de lado os delitos que haviam sido cometidos no passado, sob a tolerância de Deus, Rm 3.25. Ainda na graça os homens têm falhado, embora cercados de misericórdia pela obra redentora do Calvário, Ef 1.7.

Mas a dispensação da graça, com todos os seus recursos, está no seu término, quando haverá um período de transição conhecido como os "tempos do Apocalipse", tempo da angústia de Jacó, Jr 30.7, quando Deus se volta para tratar diretamente
com os
judeus. E, após esse período, também
chamado a Grande Tribulação, será implantado o reino Messiânico, dispensação milenar, ou, ainda, o reino do céu. Será um tempo sem precedentes na história da humanidade. Satanás será preso, e as hostes espirituais nas regiões celestes serão aniquiladas. Cristo estabelecerá seu domínio na terra, nos céus e nos mares - no universo, AP 11.15; 20.4. Nesse tempo os homens estarão plenamente conscientes da glória de Deus manifestada nos céus, Is 59.19; Ef 1.21-23; Cl 1.16.

No Milênio Israel estará de posse de todo o seu território prometido por Deus a Abraão que nunca chegou a ser conquistado. "Os mansos herdarão a terra", Mt 5.5; SI 37.11. Essa promessa é feita a Israel, ainda que os gentios possam usufruí-la também. Nem mesmo no reinado de Salomão, quando Israel teve a sua maior extensão, não chegou a ocupar todo o território prometido por Deus a Abraão. O Milênio será um tempo glorioso, quando haverá bênçãos especiais, e será estabelecida a glória de Israel em toda a sua plenitude, Dn 12.12. Todos os que alcançarem materialmente o reino milenar gozarão de saúde, felicidade e paz, com a presença do Senhor. Aí Deus se manifestará como "Jeová-Shama", que quer dizer: O Senhor está ali. Que Deus nos ajude a participar das gloriosas bênçãos em nome do Senhor Jesus.

Em toda a história, o mundo conheceu muitos reinos, dinastias e impérios. Eles ascenderam e decaíram, passando pelas páginas da história como folhas num dia de outono. Alguns foram espetaculares e repletos de esplendor, outros escravizaram e massacraram suas populações. Não importa como lembramos deles, todos têm o mesmo denominador comum – líderes humanos. Mesmo hoje em dia muitos acreditam que, se conseguíssemos colocar as pessoas certas nos cargos políticos, a humanidade ficaria livre para alcançar seu pleno potencial.

Há muitas interpretações da história e de sua relação com o futuro. Alguns acham que é cíclica, outros lembram com saudade de uma "era dourada". Alguns dizem que ela progride conforme as "leis da natureza", outros dizem que está regredindo por causa dessas mesmas leis. Em tudo isso, a Bíblia dá uma resposta clara e certa às perguntas sobre o futuro. A história e os eventos humanos têm uma direção e haverá um reino futuro glorioso. As orações dos crentes serão respondidas e o próprio Deus, na Pessoa de Jesus Cristo, a segunda pessoa da Trindade, reinará e governará na terra durante 1000 anos no Milênio. O melhor ainda está por vir!

Em Cristo Uilson Camilo.

Fontes Consultada:

BEP - CPAD

(Thomas Ice e Timothy Demy -http://www.chamada.com.br)



domingo, 15 de março de 2009

LIVRES PARA SERVIR A CRISTO




Porque o que é chamado pelo Senhor, sendo servo, é liberto do Senhor; e, da mesma maneira, também o que é chamado, sendo livre, servo é de Cristo (1Co 7.22).

E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia e à maldade para a maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para a santificação (Rm 6.18-19).

Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do jugo da servidão (Gl 5.1).

Observando estes textos logo entendemos que o Senhor nos chamou para sermos propriedade Dele e a Ele servir.

Cristo se entregou na cruz para nos libertar do pecado e de uma longa lista de leis e regulamentos. Cristo veio para nos libertar, e não para nos deixar livres para fazermos o que desejarmos, pois isso nos levaria de volta à escravidão de nossos desejos egoístas. Graças a Ele agora somos livres para fazer o que antes era impossível, viver generosamente. A liberdade que vem através de Cristo (Gl 5.1) é, acima de tudo, libertação da condenação e escravidão do pecado e do domínio total de satanás.

Romanos 6

6 sabendo isto: que o nosso velho homem foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, a fim de que não sirvamos mais ao pecado.

14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

Alguns confundem esta liberdade e tornam a viver a seu modo praticando seus próprios desejos agindo assim estão voltando ao pecado. "Costumo dizer que liberdade cristã não é satisfação da carne". Pois a verdadeira liberdade que Jesus conquistou por nós na cruz, é para vivermos ela no Espírito e desfrutar de inteira comunhão com o Senhor de nossas vidas, a genuína liberdade começa quando o crente se une a Cristo e recebe o Espírito Santo, observamos o que escreveu o Apostolo aos coríntios:
Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade (2Co 3.17).

Entendemos que somos livres para fazer a vontade de Deus ela tem que ser perfeita em nossas vidas, outrora andávamos segundo o curso deste mundo éramos guiados por nossos desejos e objetivos que na maioria das vezes estavam muito distantes daquilo que o Senhor tem preparado para os seus filhos fiéis, agora temos o compromisso e privilégio de servi-lo com nossas vidas e podemos também como Paulo expressar o mesmo sentimento para nós o viver é Cristo.

Romanos 6

10 Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.

11 Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus, nosso Senhor.

12 Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências;

13 nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça.

È triste, mas não posso deixar de denotar aqui, infelizmente alguns abusam como já ouvimos e vimos artistas que se prostituem e ainda tem a audácia de dizer que são cristãos e usam para justificar suas ações, que não são de maneira nenhuma aprovadas por Deus o termo liberdade cristã bom essa tal liberdade de que falam tais pessoas não é a mesma que encontramos nas paginas das sagradas escrituras como já observamos acima é uma falsa liberdade é o que chamo de satisfação da carne e volto a dizer e nada tem a ver com o padrão de santidade que é exigido por Deus em sua palavra. Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados (Ef 4.1);
Fomos chamados para agradar aquele que nos escolheu e nos alistou em seu exército,
Ninguém que milita se embaraça com negócio desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra. E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente (2Tm 2.4-5).

Sirvamos ao Senhor dando sempre o melhor para glorificação de seu maravilhoso nome em nossas vidas. Que a paz de Deus que excede todo entendimento esteja em vós.


 

Uilson Camilo.

Fonte pesquisada: Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal – CPAD.


 

sábado, 14 de março de 2009

HAJA EM VÓS O MESMO SENTIMENTO

Por Uilson Camilo

Devido ao egocentrismo inato do homem caído, o mundo não tem em alta estima a humildade e a modéstia.

Muitas pessoas e às vezes até mesmo cristãos, preocupam-se em causar boa impressão aos outros ou agradar a si próprias. E para isso são capazes de qualquer coisa para alcançar a popularidade e ser visto por muitos. Porém o egoísmo traz a discórdia. Portanto, Paulo insiste na unidade espiritual pedindo aos irmãos PA Ra amarem uns aos outros e se unirem em espírito e propósito. A Bíblia, no entanto, com seu conceito teocêntrico do homem e da salvação atribui máxima importância à humildade.

Observamos o que Paulo escreveu aos crentes filipenses:

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai (Fp 2.5-11).

Jesus Cristo era humilde e estava disposto a renunciar os seus direitos para obedecer a Deus e servir ao povo. Devemos assim como Cristo, adotar a atitude de um servo e servir pelo amor que temos a Deus. Há pessoas que servem muito bem na Igreja e dentre esses existem aqueles que servem em troca de alguma coisa por interesse em alguma posição que o deixará em destaque no local onde está servindo ou até mesmo na cidade onde congrega. Não só a membresia da Igreja, mas também nos púlpitos de denominações pelo nosso país encontramos pessoas com este sentimento egoísta, pensam em si mesmo, quando tem a oportunidade de elevar-se o próprio nome não êxitam. Quantos pastores que hoje portam uma credencial de ministro, mas não tem nenhuns compromissos com a humildade "uns não sabem nem o que é isso" muitos não tem chamada, mas foram chamados por serviram bem seus líderes, sem o compromisso com o dono da obra, mas na intenção de serem vistos e colocados em destaque. Não quero aqui generalizar, temos nas tribunas de nossas Igrejas pelo Brasil muitos homens de Deus compromissados com Cristo e com humildade tem feito a obra do Senhor. A humildade integral de Cristo sempre deve existir nos seus seguidores, pois fomos chamados para viver com sacrifício e renúncia, sempre procurando fazer o bem a todos.



Paulo escreve que "Jesus aniquilou-se a si mesmo tomando a forma de servo", Ele sempre foi Deus pela sua própria natureza igual ao Pai (Jo 1.1; 8.58; Cl 1.15, 17). Abriu mão de todos os seus privilégios e glória nos céu, para que nós na Terra fôssemos salvos. Sem deixar de ser Deus, tornou-se um ser humano, o homem chamado Jesus. O texto grego do qual foi traduzida esta frase, diz literalmente, que ele "se esvaziou", deixou de lado sua glória celestial (Jo 17.4), e o uso de prerrogativas divinas (Jo 5.19). Esse "esvaziar-se" importava não somente em restrição voluntária dos seus atributos e privilégios divinos, mas também na aceitação do sofrimento, da incompreensão, dos maus tratos, do ódio e, finalmente, da morte de maldição na cruz (vv. 7,8). Em sinal de submissão à vontade Pai, Cristo limitou seu poder e sabedoria. Jesus de Nazaré estava sujeito ao lugar, ao tempo e a muitas outras limitações humanas. Embora permanecesse em tudo divino, Cristo tomou sobre si uma natureza humana com suas tentações, humilhações e fraquezas. O que tornou essa humanidade única e especial foi sua isenção de pecado. "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado" (Hb 4.15).

Gloriamos-nos Nele, pois Ele é antes de todas as coisas e quando estava aqui na terra venceu todas as coisas por amor de nós. Paulo ainda lembra aos irmãos de Filipos que "Deus o exaltou soberanamente lhe dando um nome que é sobre de todo nome"... E Pedro disse que ... nenhum outro nome é dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos (At 4.12), só o nome de Jesus que também é o único caminho para Deus (Jo 14.6).

Hoje muitos não se dobram diante de nada nem de ninguém, mas sabemos que o dia vem e já está perto onde todo joelho vai ter que se dobrar e toda língua confessar que: Jesus Cristo é Senhor. Glória a Deus! Aqueles que quando em vida não tiveram este mesmo sentimento humilde que houve em Cristo e que enche os corações de muitos seguidores fiéis do Senhor, de renunciar o pecado e as muitas riquezas deste mundo para servir e agradar a Deus comparecerão diante do grande trono branco e por obrigação se dobrarão diante daquele que é senhor de Todas as coisas. Aleluia!

Lembre-se você pode hoje escolher a atitude que vai tomar. Pode viver na expectativa de ser servido ou pode procurar servir aos outros.

No Amor e Temor do Mestre

Uilson Camilo

Fontes consultadas:

BEP – CPAD


 

terça-feira, 10 de março de 2009

Tempos do Fim, Estejamos Alerta!!!


Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora. 1Jo 2.18;

Ninguém sabe o dia nem a hora estejamos preparados para este dia.
O Senhor virá como ladrão de noite, muitos serão suepreendidos por Ele, mas os que perseverarem até o fim receberão sua justa recompensa.
Não nos pertence saber os tempos e as estações (At 1.7).

Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro;
 depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor (1Ts 4.16-17).
 

Maranata!!!!!!!!

Uilson Camilo

domingo, 8 de março de 2009

Pastor Morto Em Igreja Nos EUA


O pastor Fred Winters, que morreu neste domingo (8) após disparos feitos por um homem em sua igreja, no estado de Illinois (EUA), conseguiu desviar da primeira bala com a ajuda da Bíblia, informaram fontes policiais. 

No tiroteio, três pessoas ficaram feridas, incluindo o autor dos disparos. 

O atirador falou rapidamente com o pastor antes de disparar contra ele com uma pistola semiautomática. A tragédia não foi maior porque os fiéis conseguiram detê-lo. Dois dos fiéis ficaram feridos ao tentar conter o agressor. 

A polícia disse que o reverendo conseguiu escapar do primeiro tiro com a ajuda da Bíblia, em uma cena que as testemunhas disseram ter sido horripilante, mas alguns chegaram a pensar, em um primeiro momento, que se tratava de uma encenação. 

"Pensamos que se tratava de uma espécie de interpretação dramática", disse à imprensa local Linda Cunningham, uma testemunha, que ressaltou que, após o primeiro tiro, a única coisa que via eram os restos da Bíblia destruída pelo impacto da bala. 

A polícia disse desconhecer se o reverendo e o responsável do crime se conheciam antes. "Não sabemos a relação [entre o homem armado e o pastor]", disse à imprensa o agente Ralph Timmins. 

O atirador e uma das vítimas, Terry Bullard, de 39 anos, foram atendidos no Hospital de St. Louis. A situação de Bullard é delicada, segundo Laura Keller, porta-voz do hospital, que não revelou detalhes sobre a situação do agressor. 

A outra vítima, Keith Melton, recebeu atendimento médico no Centro Médico Gateway Regional e teve alta, segundo a porta-voz do centro Kate Allaria. 

Segundo o site da igreja, Winters, pai de dois filhos, foi presidente da Associação Batista Estadual de Illinois e professor-adjunto do Seminário Teológico Batista do Meio-Oeste. A igreja na qual aconteceu o incidente tem 1.200 membros.

Manifestação Marca Dia Da Mulher Na Capital Paulista



No Dia Internacional da Mulher, entidades feministas, movimentos sociais, sindicatos e partidos de esquerda fizeram uma manifestação na capital paulista, com faixas, frases de protesto, carros de som, bateria, música e apitos.

Entre as principais reivindicações, a legalização do aborto, tema de uma grande faixa que abria a caminhada do grupo, que partiu da Praça Oswaldo Cruz no final da manhã deste domingo (8) e desceu a Avenida Brigadeiro Luis Antônio em direção ao obelisco em frente ao Parque Ibirapuera.

De cima de um caminhão de som, partiram críticas ao arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, que
excomungou médicos e a mãe da menina de 9 anos que engravidou após sofrer abuso sexual e passou por um aborto. Embaixo, frases de protesto entoadas por jovens: “se o Papa fosse mulher, o aborto seria legal”.

Uma outra faixa dizia não "à CPI da Fogueira" e defendia o direito ao "aborto legal e seguro". "Já existe uma frente parlamentar contra a legalização do aborto", explicou Yuri Puello, da entidade "Católicas pelo Direito de Decidir".

Fonte:Portal de Notícias G1.

O Que A Bíblia Diz Sobre O Aborto


Que diz Deus sobre a vida e a personalidade de um feto? As pessoas têm valor e identidade antes de nascer. A Bíblia diz em Jeremias 1:5 "Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da mãe te santifiquei; às nações te dei por profeta."
Deus está ativo na vida de um ser humano enquanto ele está no útero. A Bíblia diz em Salmos 139:13-14 "Pois tu formaste os meus rins; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem."
O mandamento de Deus proíbe tirar a vida. A Bíblia diz em Êxodo 20:13 "Não matarás."

Deus criou o homem e a mulher, abençoou-os e disse-lhes: «Frutificai e multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a... E viu Deus tudo quanto tinha criado, e eis que era muito bom (Gn 1:28, 31). Verificamos desde logo que a reprodução era um dos propósitos da criação do homem por Deus. Por outro lado, não lemos em passagem alguma que o homem tenha o direito de matar o seu semelhante - aliás, um mandamento é «não matarás» (Êxodo 20.13, Rom.13:9).

A palavra aborto vem do latim, abortum, do verbo abortare, com significado de "por-se o sol, desaparecer no horizonte e, daí morrer, perecer". Conforme o Grande Dicionário de Medicina, aborto é a expulsão espontânea ou provocada do feto antes do sexto mês de gestação, isto é, antes que o feto possa sobreviver fora do organismo....

Convém definir o que se entende por «aborto». Aborto é a morte espontânea ou provocada do produto da concepção dentro do ventre materno e antes do início do parto.


Da definição surge uma primeira distinção: há abortos espontâneos, ou seja, que surgem por efeitos naturais, exteriores à vontade humana, geralmente por doença da mãe ou por deficiências cromossômicas do feto; e os provocados, quando o aborto é intencionalmente criado.

Relativamente ao primeiro tipo de aborto, não se põe qualquer problema ético ou bíblico, na medida em que ele surge, geralmente, contra a vontade da mãe e em circunstâncias naturais. Mas já se põem problemas quanto ao segundo, sendo dele que importa fazer uma análise bíblica. Por outro lado, é importante saber quais as razões que geralmente são apresentadas para recorrer ao aborto provocado - violação, incesto, proteção física da mãe, defeitos físicos da criança. Diremos, porém e desde já que segundo as recentes estatísticas em Portugal e nos EUA, 95% dos abortos são feitos por razões de conveniência e não pelas anteriores referidas. Devemos por outro lado notar que mesmo que um bebê seja concebido através de violação, a sua destruição não apagará o trauma da mulher nem tão pouco dissuadirá o criminoso de cometer outra violação.


Além disso, o argumento de que o aborto é um direito da mulher, tem como contrapartida o direito à vida do bebê, o qual é tão válido como aquele. Finalmente, é de considerar que quanto mais nova é a mãe, maior é a probabilidade de que ela fique estéril se fizer um aborto (no Canadá, 30% das meninas de idade entre 15 e 17 anos que fizeram abortos ficaram estéreis).

Ora, a criança que está no ventre da mãe é um ser com identidade própria. Sabia que o primeiro órgão a ser formado no feto é o coração? E que o coração começa a bater 21 dias após a concepção ? E que da primeira a oitava semana completam-se os órgãos apresentando inclusive as impressões digitais? Aos três meses no útero o bebê já está formado esperando vir à luz. Neste sentido, quem aborta está a assassinar um ser humano criado por Deus.

O movimento feminista impinge a idéia de que a mulher tem o direito de usar o seu corpo como bem entender. Nas poucas referências existentes na Bíblia, relacionados a este assunto, o infrator deveria pagar multa caso fosse considerado culpado por causar dano a uma mulher grávida. O que dizer daquele que assassinar deliberadamente? "Se alguns homens pelejarem e ferirem uma mulher grávida, e forem causa que. aborte, porém se não houver morte, certamente será multado... Mas se houver morte, então darás vida por vida" (Ex 21.22-23).

É oportuno dizer que a vida humana, do seu início ao fim, está em grande encoberta por um véu de mistério que só o próprio Criador conhece.

Já é conhecido um texto em que um professor, desejando mostrar aos alunos como é falha a lógica humana, propõe o seguinte caso: Baseados nas circunstâncias que mencionarei a seguir, que conselho dariam a uma certa senhora, grávida do quinto filho? O marido sofre de sífilis, ela, de tuberculose. Seu primeiro filho nasceu cego. O segundo morreu. O terceiro nasceu surdo, e o quarto tem tuberculose. Ela está pensando seriamente em abortar a quinta gravidez. Que caminho vocês aconselhariam? Os alunos pensaram e, diante das circunstâncias, sugeriram que o aborto seria aconselhável para que não nascesse mais um filho defeituoso. O professor, então, lhe respondeu: "Se vocês sim a idéia do aborto, acabaram de matar o grande compositor Ludwig Van Beethoven".

Como cristãos nós temos que tomar nossas decisões sempre observando a vontade de Deus e sua santa Palavra, pois ela é nossa regra de fé prática, temos que estar envolvidos com Cristo e não com o que o mundo. Devemos agir de acordo com a ética cristã e optando sempre pela vida.

Leia mais no Blog do Pr. Cesar Moises


Em cristo

Uilson Camilo


Fontes consultadas:

Lições Bíblicas CPAD – 3º Trimestre 2002

Blog Sola Scriptura




sexta-feira, 6 de março de 2009

MOTIVOS PARA ADORAR A DEUS!!!!





A bem da verdade é que se formos catalogar, encontraremos inúmeros e mais do que justos motivos para render ao Senhor toda honra e glória. Mesmo porque a bíblia nos orienta a adorá-lo, pois a Ele pertence à glória para todo sempre Amém! (Is 42.8; 42.12).



Antes de listar segundo meu entendimento alguns motivos para adorar ao Criador de todas as coisas, lembremos que Deus está à procura de adoradores (Jô 4.23). Importante é não esquecer que o divino Mestre ensinou a mulher que o Pai não está preocupado com o lugar de adoração e sim com a postura dos que o adoram, Jesus foi enfático em suas palavras quando disse que Deus estava à procura dos verdadeiros, logo entendemos que também existem os pseudo adoradores (Jo 4.20-24). Aqueles que o próprio Senhor disse “me honram só de lábios”. Infelizmente existem muitos com está postura na Igreja, estão dentro do templo, mas o coração está muito longe do compromisso com a adoração devida ao Senhor. Quero aproveitar e usar um jargão bem conhecido “é por isso que muitos saem vazios dos cultos”, não adoram de verdade nem muito menos em espírito. Partindo do principio é dando que se recebe ou colhemos o que semeamos isto é uma grande verdade. Para desfrutarmos da majestosa presença do Senhor e por ela ser renovados e vivificados, precisamos nos apresentar a Ele com uma postura de verdadeiros adoradores com o coração quebrantado e contrito, pois Deus não rejeita um coração assim.
  Lembro-me de Caim e Abel no capítulo 4 de Genesis diz a bíblia que o Senhor rejeitou o sacrifício de Caim, mas o de Abel foi aceito por Deus nele o Justo Criador achou graça e agradou-se da humildade de seu coração ver Gn 4.3-5.
Entendemos com isso que Deus não está de maneira nenhuma interessado no lugar, mas sim na forma como adoramos, não quero dizer com isso que existe regras, pois se olhássemos por este lado o que encontraríamos em algumas Igrejas, era pessoas seguindo ritos e a Palavra de Deus na da apoio a rituais para adoração ao senhor na dispensação da Graça, onde está o espírito há liberdade vaticinou o santo Apóstolo.
Eis aí como já disse segundo meu entendimento alguns dos vários motivos que temos para adorar ao Senhor:
• Deus é o Senhor de todas as coisas;
• Ele nos ama;
• Deu-nos uma nova chance;
• Ele nos amou primeiro;
• Por nós entregou Jesus;
• Somos seus filhos;
• ...........

Aproveite e deixe seu comentário aumentando a lista de motivos para oferecermos a Deus toda honra e toda glória.
Estes são só algumas das milhares de razões para isso fazermos.
Não importa o que aconteça ou o que você passe não deixe de adorar ao Senhor, pois foi adorando e louvando que Josafá e povo de Judá obtiveram vitória sobre os inimigos (2Cr 20.20-22).

Que Deus nos abençoe e continue nos dando de sua maravilhosa Graça para o adorarmos na beleza de sua Santidade.

No amor do Mestre
Uilson Camilo

segunda-feira, 2 de março de 2009

LIÇÃO DO PRÓXIMO TRIMESTRE/09








A Lição Bíblica de jovens e adultos (CPAD) do próximo trimestre terá como tema geral "I Coríntios - Os problemas da Igreja e suas soluções." O comentarista será o Pastor Antônio Gilberto.

Os temas semanais prometem bons debates e abordagens. São eles:

1- Corinto - Uma Igreja Fervorosa, mas não Espiritual
2- A Superioridade da Mensagem da Cruz
3- Partidarismo na Igreja
4- Despenseiros dos Ministérios de Deus
5- A Imoralidade em Corinto
6- Demandas Judiciais Entre os Irmãos
7- Considerações Acerca do Casamento
8- Coisas Sacrificadas aos ìdolos
9- A Importância da Santa Ceia
10- Os Dons Espirituais
11- A Ressurreição de Cristo
12- Ajuda aos Necessitados
13- Amor, a Virtude Suprema

BODAS DE PÉROLA PR. AROLDO E MIRIAM DUTRA

É UMA BENÇÃO CONGREGAR COM ESTE CASAL.
DEUS CONTINUE ABENÇOANDO ESTES MISSIONÁRIOS!!
Créditos do slide Pr. Carlos Roberto Silva.