sábado, 27 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Centenário da AD no Brasil: de que lado você está?

Veja no Blog Manhã com a Bíblia do Pr. Geremias do Couto, comentário relevante sobre as comemorações do centenário das Assembléias de Deus no Brasil, e a realidade da denominação no país.
Precisamos nos aplicar a cada dia mais na oração para que o Senhor abra os olhos de alguns líderes Assembleianos de nosso Brasil para que acabe de vez com estas posições contraditórias por parte de homens que deveriam estar lutando pela unidade da Igreja e não por interesse próprio.


"DE QUE LADO VOCÊ ESTA?" 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Igreja católica alemã pede perdão por abusos sexuais contra crianças

O presidente da conferência episcopal alemã declarou-se "profundamente comovido" nesta segunda-feira com o escândalo de abusos sexuais contra menores em instituições católicas do país, e pediu perdão a todas as vítimas.

"Estou profundamente comovido pelos casos de abusos que foram revelados", declarou o arcebispo Robert Zollitsch, na abertura de uma conferência de bispos alemães, que ocorre até quinta-feira em Friburgo.

"O abuso sexual contra um menor é sempre um crime horrendo. Quero me juntar à afirmação do papa Bento XVI, e pedir perdão a todos aqueles que foram vítimas de tais crimes", acrescentou.

Na semana passada, Bento XVI qualificou os abusos sexuais contra menores de "crime odioso" e "pecado grave", após uma reunião excepcional com os bispos irlandeses, atingidos por um escândalo de pedofilia.

Na Alemanha, o escândalo veio à tona em janeiro no colégio jesuíta Canisius de Berlim, onde o reitor reconheceu que vários ex-alunos sofreram abusos sexuais nos anos 1970 e 1980, nos quais estiveram envolvidos pelo menos dois professores jesuítas.

Segundo uma pessoa encarregada pelo colégio de acompanhar o caso, cerca de 120 alunos disseram ter sofrido abusos.

O escândalo se extendeu a outros colégios jesuítas da Alemanha, em cidades como Hannover, Bonn e St. Blasien.



Fonte:FOLHA GOSPEL











domingo, 21 de fevereiro de 2010

CONSELHOS, GERSON RUFINO




Para uma melhor audição desligue o som da Rádio

VIVER A VIDA É TRAIR, PUBLICA REVISTA ISTO É

REVISTA ISTO É PUBLICA COMENTÁRIO SOBRE A NOVELA "VIVER A VIDA" DA REDE GLOBO, ONDE TRAIÇÃO TEM SIDO O TEMA MARCANTE  DA TV NO HORÁRIO NOBRE DA EMISSORA VEJA MATÉRIA DA REVISTA SOB TEMA "VIVER A VIDA É TRAIR".

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores” (Sl 1.1)





O GRANDE PERITO

"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante
do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a
divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta
para discernir os pensamentos e intenções do coração"
(Hebreus 4:12).


Uma pequena fábrica teve que interromper suas operações
quando uma peça vital de seu maquinário quebrou. O mecânico
da empresa não conseguiu resolver o problema e precisaram
chamar um perito. Ele examinou a máquina por alguns momentos
e, então, pegou um pequeno martelo e bateu na máquina em um
determinado lugar. Tudo voltou a funcionar perfeitamente. O
perito apresentou uma conta de 100 dólares. O proprietário
ficou furioso ao ver o valor e exigiu que ele apresentasse
uma conta especificada. O perito preencheu a nota como
segue: 1 dólar para bater na máquina e 99 dólares para saber
onde bater.


Deus usa a Sua Palavra para nos bater onde precisamos ser
consertados. Às vezes sentimos dor, outras ficamos furiosos,
mas o certo é que tudo volta a funcionar perfeitamente
quando Deus opera em nossas vidas.


O que temos feito quando sentimos que as coisas não vão bem
para nós? Tentamos ajeitar a situação por nossas próprias
forças? Confiamos em nossa habilidade de recomeçar após uma
frustração? Rejeitamos qualquer intervenção dAquele que é
perito em fazer-nos viver abundantemente? Ou logo
paralizamos tudo e apresentamos o problema no altar de Deus,
certo que Ele sabe o lugar certo e a hora certa de agir?


Muitas vezes pagamos um alto preço por buscar outras formas
de consertar as nossas vidas. Pagamos um pouco aqui, onde um
amigo indicou que seria bom, pagamos outro pouco ali, onde
um vizinho disse que seria o melhor caminho, e, por fim,
verificamos que perdemos tempo e a "máquina de nossa vida"
continua ruim ou até pior do que antes.


O preço do perito é muito alto, mas Ele resolve qualquer
problema. E, o melhor de tudo, o preço já foi pago. O Senhor
Jesus pagou todo o preço na cruz do Calvário.


Não entregue sua felicidade a mecânicos espirituais
inexperientes. Entregue-a ao grande Perito Jesus Cristo!

DEUS LUTA POR SEU POVO

Quando os israelitas viram o rei e o seu exército marchando contra eles, ficaram apavorados e gritaram pedindo a ajuda de Deus, o SENHOR. E disseram a Moisés: - Será que não havia sepulturas no Egito? Por que você nos trouxe para morrermos aqui no deserto? Veja só o que você fez, nos tirando do Egito! O que foi que lhe dissemos no Egito? Pedimos que nos deixasse em paz, trabalhando como escravos para os egípcios. Pois é melhor ser escravo dos egípcios do que morrer aqui no deserto! Porém Moisés respondeu: - Não tenham medo. Fiquem firmes e vocês verão que o SENHOR vai salvá-los hoje. Nunca mais vocês vão ver esses egípcios. Vocês não terão de fazer nada: o SENHOR lutará por vocês. O SENHOR disse a Moisés: - Por que você está me pedindo ajuda? Diga ao povo que marche. Levante o bastão e o estenda sobre o mar. A água se dividirá, e os israelitas poderão passar em terra seca, pelo meio do mar. Eu farei com que os egípcios fiquem ainda mais teimosos, e eles entrarão no mar atrás dos israelitas. E eu ficarei famoso quando derrotar o rei do Egito, todo o seu exército, os seus carros de guerra e os seus cavaleiros. Quando eu derrotar os egípcios, eles saberão que eu sou Deus, o SENHOR. Então o Anjo de Deus, que ia na frente dos israelitas, mudou de lugar e passou para trás. Também a coluna de nuvem saiu da frente deles e foi para trás, ficando entre os egípcios e os israelitas. A nuvem era escura para os egípcios, porém iluminava o povo de Israel. Assim, durante a noite inteira, o exército egípcio não conseguiu chegar perto dos israelitas. 


ÊXODO 14.10-20



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

EXORTAÇÃO À SANTIDADE LIÇÃO- 08


EXORTAÇÃO À SANTIDADE LIÇÃO- 08

  TEXTO ÁUREO


"Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus"
(2 Co 7.1).


  VERDADE PRÁTICA



Através de uma vida de santificação e pureza, o crente separa-se das paixões mundanas, dedicando-se sacrificalmente ao serviço de nosso Senhor Jesus Cristo.


 





  

LEITURA DIÁRIA



 Segunda
1 Pe 1.16
Deus é santo
 Terça
Lv 11.45
Sede santos, porque eu sou santo
 Quarta
Hb 13.12
Santificados pelo sangue de Cristo
 Quinta
2 Tm  2.21
Santificados e idôneos
 Sexta
Hb 12.14
Sem santificação ninguém verá o Senhor
 Sábado
Jo 17.17
Santificados na verdade


  
 LEITURA BÍBLICA EM CLASSE



2 Coríntios  6.14-18; 7.1,8-10



  INTERAÇÃO



Todo crente compromissado com o Senhor deseja viver em santidade. A santificação é um processo, longo, é realizada paulatinamente por meio do Espírito Santo naqueles que a buscam com um coração sincero e puro. Paulo amava os coríntios, por isso, os advertiu a viver uma vida de santidade na presença de Deus. O apóstolo, com amor e zelo, advertiu os irmãos a respeito do jugo desigual e da parceria com os incrédulos.  Ele enfatizou o fato de que é preciso haver separação entre "luz e trevas", "justiça e iniquidade", "templo de Deus" e "templo de ídolos".

 OBJETIVOS


Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Compreender o que levou Paulo a buscar a reconciliação e a comunhão com os coríntios.
Conscientizar-se a respeito da importância de se ter uma vida santificada.
Explicar o porquê de Paulo ter reiterado seu amor para com os coríntios.









Por Uilson Camilo

 
INTRODUÇÃO

 
Os cristãos que estão compromissados com Deus vivem uma vida de santidade, separados do pecado procuram trilhar caminhos que agradem ao Senhor.
É neste pensamento que Paulo exorta os coríntios à viver uma vida separada das trevas. Diante disto quero apenas compartilhar um breve comentário abordando dois pontos que julgo de extrema importância nesta lição que seguem abaixo.

 
JUGO DESIGUAL

Paulo exorta os crentes a não formarem parcerias com os incrédulos porque isso poderia enfraquecer seu compromisso e integridade, ou os padrões cristãos. Seria uma má contribuição. Diante de Deus há dias categorias de pessoas: as que estão em Cristo e as que não estão. O crente, portanto, não deve ter comunhão ou amizade íntima com incrédulos, porque tais relacionamentos corrompem sua comunhão com Cristo. Neste contexto estão as sociedades nos negócios, ordem secretas (Maçonaria), namoro e casamento com incrédulos. A associação entre o cristão e o incrédulo deve ser o mínimo necessário à convivência social ou econômica, ou com o intuito de mostrar ao incrédulo o caminho da salvação.
Anteriormente Paulo explicou que isso não significava ficar longe dos incrédulos (1Co 5.9-10). Ele queria que os crentes fossem ativos em seu testemunho a respeito de Cristo aos incrédulos. Os crentes podem fazer tudo que estiverem ao seu alcance para evitar situações que possam forçá-lo a dividir sua lealdade.
Aqueles que descobriram a luz de Deus não podem ter nenhuma comunhão ou indulgência para com as trevas.

 
SEPARAÇÃO ESPIRITUAL

 
A separação do mundo envolve mais do que se manter distantes dos pecadores, significa ficar próximo de Deus. Envolve mais do que apenas evitar o entretenimento mundano, estende-se à questão de como empregamos nosso tempo e dinheiro.
O conceito de separação do mal é fundamental para relacionamento entre Deus e o seu povo. Segundo a Bíblia, a separação do mal abrange duas dimensões, sendo uma negativa e outra positiva:
  1. A separação moral e espiritual do pecado e de tudo que é contrário a Jesus Cristo, à Justiça, e à Palavra de Deus;
  2. Acercar-se de Deus em estreita e íntima comunhão, mediante, a dedicação, a adoração e o serviço a Ele;
Contudo devemos resistir ao pecado à nossa volta, sem desistir ou ceder.

"Tentado não cedas, ceder é pecar melhor e mais nobre será triunfar"
O crente que deixa de separar-se da pratica do mal, do erro, da impureza, o resultado inevitável será a perda da comunhão com Deus, da sua aceitação pelo pai, e de seus direitos de filho.

 
Conclusão

Devemos sempre conservar nossa comunhão com Deus, e se afastar de tudo que comprometa nosso relacionamento com o Pai.

 
Boa aula!!!

 
Uilson Camilo

 
Fontes consultadas:
Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal – CPAD
Bíblia de Estudo Pentecostal - CPAD


 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

SOCIEDADE BÍBLICA BATE RECORDE MUNDIAL NA DISTRIBUIÇÃO DE BÍBLIAS


Recorde mundial na distribuição de Bíblias



A SBB está comemorando um feito inédito: em 2009, uma organização ultrapassou a marca de seis milhões de Bíblias distribuídas - 5,7% a mais do que em 2008 -, um novo recorde mundial. Ao todo, foram distribuídas 6.007.759 Bíblias, além de 739,919 Novos Testamentos, porções 2.433.102 Bíblicas e Seleções Bíblicas 211.732.000 (folhetos). No site da SBB, Confira mais detalhes sobre esse feito histórico.




Distribuição de Escrituras em 2009
Tipo de Escritura
Exemplares distribuídos
Bíblias completas
6.007.759
Novos Testamentos
739.919
Porções Bíblicas
2.433.102
Seleções Bíblicas (folhetos)
211.732.000
Total geral de Escrituras
220.912.780







segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

TRAIÇÃO UMA ARMA DO INIMIGO

E depois disto aconteceu que se afeiçoou a uma mulher do vale de Soreque, cujo nome era Dalila.

Então os príncipes dos filisteus subiram a ela, e lhe disseram: Persuade-o, e vê em que consiste a sua grande força, e como poderíamos assenhorear-nos dele e amarrá-lo, para assim o afligirmos; e te daremos, cada um de nós, mil e cem moedas de prata.
Juízes 16.4,5


E sucedeu que, importunando-o ela todos os dias com as suas palavras, e molestando-o, a sua alma se angustiou até a morte.

E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem.

Vendo, pois, Dalila que já lhe descobrira todo o seu coração, mandou chamar os príncipes dos filisteus, dizendo: Subi esta vez, porque agora me descobriu ele todo o seu coração. E os príncipes dos filisteus subiram a ter com ela, trazendo com eles o dinheiro.

Então ela o fez dormir sobre os seus joelhos, e chamou a um homem, e rapou-lhe as sete tranças do cabelo de sua cabeça; e começou a afligi-lo, e retirou-se dele a sua força.
Juizes:16:16-19

Para a maioria das pessoas, a traição está somente ligada ao sexo, à ação de uma esposa infiel, ou de um marido desleal. No entanto, a traição está operando em muito maior escala do que apenas no aspecto sexual.

O termo traição pode ser entendido como deslealdade, desapontamento da expectativa de alguém; é desvendar os segredos de outrem, entregar um amigo aos seus inimigos, distanciamento; é também decepcionar um amigo além de ser contada como engano e infidelidade, perfídia, desonestidade. A traição é baseada na mentira. É um dos piores, se não o pior golpe que alguém pode receber de um amigo ou de uma pessoa que se considera ou que se ama.

Aproveitando as situações

O que o diabo mais anseia é destruir a obra de Deus. Seu propósito é usar de todos os meios possíveis para se vingar, porque o seu plano não foi bem sucedido lá no início da criação (Ezequiel 28.15-17).

Então, ele procura atacar com fúria a obra-prima do Criador, que é o homem, criado para louvar, bendizer, adorar e enaltecer o nome do Todo-Poderoso.

Aspectos que Marcam a traição

A traição fere muito porque vem sempre de alguém em quem se deposita confiança. Parece que, em conseqüência desse fato, torna-se difícil perdoar uma traição do que qualquer afronta.

Um fato que bem ilustra o exposto aqui, está registrado no Salmo 55. Davi orava pedindo ao Senhor socorro e fazia um relatório da situação em que se encontrava a cidade de Jerusalém.

O que de fato traz maior sofrimento – Mesmo vivendo aquela situação de tortura, ciúmes e maldades, sem limites, o que mais feriu Davi e abalou seu estado emocional foi a traição de um amigo (Salmo 55.12-15).

Alguns comentaristas afirmam que esse amigo tão chegado de Davi que o traiu foi o seu próprio filho Absalão
(II Samuel 15.1-10).

A língua, um membro indomável – A traição foi deveras um golpe muito forte para Davi. Homem acostumado a enfrentar inimigos valentes e sempre sair vencedor, agora se depara com outra espécie bem diferente de inimigo.

A língua, um membro indomável – O maior exemplo de amor e nobreza, foi o de Jesus, com relação aos seus traidores. Não houve traição pior do que a sofrida por Ele. Um amigo de sua intimidade, participante de seu ministério, foi usado por satanás para traí-lo de maneira vil (Mateus 26.14-16; 42.29).

Uma traição que teve como conseqüência a morte mais vil e mais humilhante que foi a crucificação. Mesmo diante de tanta infâmia e de tanto sofrimento, Jesus teve a grandeza de sentimento liberando o perdão para quem O fez sofrer daquela maneira.

ONDE E COMO A TRAIÇÃO OPERA

A Bíblia registra vários casos de traição. No momento em que o homem despreza os preceitos divinos, ele está dando a legalidade para satanás operar em seu coração.

Atingindo os pontos vulneráveis – Como já foi dito, a natureza humana possui pontos vulneráveis dos quais o inimigo se aproveita para descarregar suas armas.

É uma das armas mais perigosas e a traição, que também é revestida de astúcia.

Almejando poder – Um caso bem marcante de traição, foi o de Saul que intentou por várias vezes matar Davi para não perder o reinado. Até que ele resolveu mudar de tática. Usando de astúcia e de engano, ofereceu sua filha em casamento a Davi, em troca deste tornar-se um filho valoroso para liderar a guerra contra os filisteus.

Assim pensava Saul, os filisteus matarão Davi e eu me livrarei dele, e o poder do reino será sempre meu.
( I Samuel 18.17-22).

A cobiça da riqueza suscita traição – Possuir riquezas é muito bom quando se tem o pensamento voltado para as coisas espirituais e não colocamos o coração nos bens materiais (II Coríntios 6.10).

A mania de possuir riquezas pode levar até mesmo um monarca a aumentar seus bens e para isso não se importar de trair pessoas que lhe devotaram amor e fidelidade.

Foi o caso do rei Assuero que dando ouvidos a uma proposta de Hamã, assinou cartas consentindo a matança dos judeus que habitavam o seu reino, em troca de doação de uma boa quantidade de bens (Ester 3.8-11).

O Sexo e a Traição

A instituição do casamento, que foi determinado por Deus para trazer felicidade e plena realização ao homem, está sofrendo sérias mutações para pior. Os valores absolutos ordenados por Deus (Mateus 19.5,6) estão sendo esquecidos e substituídos por valores relativos, que trazem supostas vantagens ao homem.

A mídia se incumbe de oferecer programas e propagandas indecorosas que desmoralizam o casamento, ironizam a união matrimonial, facilitam os envolvimentos ilícitos, tudo por tíutulo de modernidade e progresso.

A Concupiscência dos Olhos

Ao notar que o fruto era lindo, um verdadeiro deleite para os olhos (Gênesis 3.6), e quem sabe, também, para o paladar, Eva não resistiu.

Da mesma forma, o erro não está no desejar coisas agradáveis aos olhos, coisa bonita, porque a beleza atrai. Mas Eva errou por desejar obter algo que Deus já havia proibido de antemão.

Deus exige obediência completa e o reconhecimento da Sua autoridade. Aquilo que os olhos cobiçam pode ser uma intensa para recair na tentação.



A TRAIÇÃO QUE TERMINOU EM TRAGÉDIA
A Bíblia conta a história de Sansão, um dos mais dramáticos registros de traição, que levou um grande homem de Deus ao nível mais baixo da humilhação. A traição da mulher amada levou Sansão ao ponto mais baixo de sua vida.

Vida Consagrada a Deus

A vida de Sansão foi um milagre. Sua mãe era estéril, não podia conceber. Mas Deus a escolheu para ser mãe de um dos heróis mais valentes do seu povo; o qual livraria Israel das mãos dos filisteus. Esse menino seria nazireu, isto é, consagrado ao Senhor.

A Traição que Levou à Queda

Os príncipes dos filisteus procuravam por todas as maneiras ocasião para dar fim àquele inimigo terrível, pois ele já era conhecido de todos, por sua bravura. Sabendo os filisteus que Sansão estava enamorado de uma mulher filistéia, armaram, então, um plano para sua execução.

As constantes tentativas – É muito perigoso brincar com o pecado. Foi o que Sansão fez. Não vigiou e deixou-se levar pelos caprichos de Dalila que por três vezes tentou obter o seu segredo.

Perseverança no ataque – A cobiça pela grande soma que pagaria a traição, impeliu Dalila a perseverar tentando descobrir o segredo de Sansão, até que conseguiu o seu intento, depois de muitas palavras manhosas e de muitas lágrimas, a força do pecado prevaleceu.

O fim de um herói – Com o segredo descoberto, a astuta Dalila fez Sansão dormir sobre os seus joelhos e chamou um homem que raspou as sete trança da cabeça de Sansão e começou a afligi-lo e retirou-se dele a sua força (Juízes 16.16).

Estava assim consumada a sua tarefa de traição. Certamente, tomada de uma alegria sem par, começou, então a segunda etapa de sua vilania. Acometeram Sansão, vazaram seus olhos, bateram, espancaram e o colocaram para mover o moinho.

A oração poderosa – Após algum tempo, Sansão foi tirado do prisão e levado ao templo do deus Dagon para divertir o povo como fazem os palhaços (Juízes 15.25).

Os filisteus estavam tão felizes com a situação daquele inimigo terrível que nem notaram que os seus cabelos começaram a crescer novamente. Com isso,a sua força também havia voltado. Era chegada a hora da vingança (Juízes 16.19-29).

No templo, em meio à gritaria da multidão, naquela festa idólatra, Sansão fez uma última oração, e Deus a atendeu. Abraçado às duas colunas de sustentação do templo vingou de todos os seus inimigos.

CONCLUSÃO

Será que existe algum cristão que, como Sansão, está tão seguro de sua própria força que brinca com o pecado, por isso, chega muito perto de escorregar?

Pense! Dê um passo decisivo. Se existe algo que você possa fazer para fugir de uma tentação maior, não hesite.

Peça a ajuda do Espírito Santo e não deixe satanás armar ciladas para destruir seu lar e você próprio.

Memorizar: Salmo 119.163

Abomino e odeio a mentira; mas amo a tua lei.



Fonte:EVANGÉLICOS NA HOLANDA

EM REVISTA - Livro do Pr. Carlos Roberto será lançado em Cubatão - 08.02.2010



EM REVISTA
Uma análise do dia a dia da Igreja, à Luz das Sagradas Escrituras

Na próxima segunda-feira, 08.02.2010, às 19,30h, no templo central da Assembléia de Deus - Ministério de Cubatão, situado à Rua Assembléia de Deus número 251 - Centro Cubatão - SP, será lançado o livro

EM REVISTA,
Autoria do Pr. Carlos Roberto Silva.

O livro Contém 30 textos postados aqui neste blog.

Na ocasião, estará participando do evento, o Coral Cântico Celeste, o Grupo de Louvor ea Orquestra da Igreja, além de diversos blogueiros que já confirmaram presença.

Estará ministrando a Palavra de Deus, O
PR. GEREMIAS DO COUTO,
editor do Blog

Você está convidado!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

A ARMA DO CRISTÃO


A BÍBLIA É O ARMAMENTO PARA FAZER CRISTÃ UMA NAÇÃO


1) A Bíblia, a base da moralidade. Tirem-nos a Bíblia e nossa luta contra a intemperança, a iniqüidade, a opressão, o ateísmo e o crime terminará, porque não teremos nenhuma autoridade para falar, nem valor para lutar sem ela. – G. Lloyd Garrison

2) A religião transforma uma Nação. O progresso da civilização e da liberdade religiosa tem sido mais rápido e eficiente nos lugares onde a Bíblia é mais disseminada e onde as verdades que se encontram nela são ensinadas à maioria do povo. Nenhuma nação tem avançado tanto como aquela onde as Escrituras são manuseadas e estudadas. – Chancellor Woolworth.

3) A Bíblia é a base de uma grande nação. Apontando uma Bíblia sobre uma mesa, Andrew Jackson, antes da sua morte, disse a seu amigo: "Este Livro, senhor, é a rocha sobre a qual descansa a República." Assim sendo, para fazer uma nação cristã, é necessário ensinar-lhe a Bíblia, porque ela é o guia que conduz uma nação a Cristo.

4) A Bíblia produz uma mudança radical. Estendam o conhecimento da Bíblia e os famintos serão alimentados; os estrangeiros, protegidos; os prisioneiros, visitados; os enfermos, consolados e atendidos. Propaguem os ensinos da Bíblia e a temperança descansará sobre uma base mais firme que a Lei da Constituição Política. – Governador Wintrope.

5) A grandeza de uma Nação. Um dia um príncipe da África visitou a Rainha da Inglaterra e, durante a visita, perguntou-lhe qual a causa da grandeza de seu reino. Ela, levantando uma Bíblia, respondeu: "Este Livro é a base da nossa grandeza e qualquer nação que o tome e o leia será grande."
======================================================================================
do livro "Mil Ilustrações Selecionadas", Dr. D. Peixoto da Silva, Casa Publicadora Batista, Rio de Janeiro, 1966